Skip to content Skip to footer

Uruguai vence, fica em 1º e pode pegar Brasil nas quartas da Copa América

O Uruguai fez bonito na primeira fase da Copa América, ao terminar o Grupo C com 100% de aproveitamento: três vitórias em três jogos. O gol de Mathías Olivera, já no segundo tempo, no Arrowhead Stadium, em Kansas (EUA), fez a equipe celeste bater os Estados Unidos pelo placar mínimo, eliminando os donos da casa da competição.

Quem o Uruguai pode pegar nas quartas

Agora, a seleção do técnico Marcelo Bielsa aguarda na próxima fase o primeiro colocado do Grupo D, que pode sair entre Brasil e Colômbia, que ocupam até o momento os dois primeiros lugares da chave e entram em campo nesta terça-feira (02).

cta_logo_jp

Siga o canal da Jovem Pan Esportes e receba as principais notícias no seu WhatsApp!

WhatsApp

Jogo truncado, mas Celeste se sobressai 

No primeiro tempo, a partida foi truncada, com os EUA melhores, mas sem assustar efetivamente o gol de Rochet. Aos poucos, os uruguaios se soltaram e tiveram boas chances com Darwin Nuñez e Pellistri. Aos 27, um susto: Maxi Araújo se chocou com um adversário e saiu por suspeita de concussão, dando lugar a Cristian Olivera. Segundo a equipe médica do Uruguai, o atacante passa bem. Na faixa dos 40, foi a vez do norte-americano Balogun sair lesionado. Pepi o substituiu.

Na etapa final, a Celeste seguiu melhor e, aos 21, foi premiado. De La Cruz cobrou falta, Ronald Araujo cabeceou e Mathías Olivera completou para as redes após defesa de Turner. Depois de checagem do VAR, placar aberto em Kansas City. Paralelamente, o Panamá ia vencendo a Bolívia em Orlando (EUA), o que dificultou ainda mais a reação dos Estados Unidos, que no fim não ocorreu.

Olivera y un gol fundamental para Uruguay 🙌 pic.twitter.com/D4nWtOEwGD

— CONMEBOL Copa América™ (@CopaAmerica) July 2, 2024

Uruguaios nas quartas, enquanto frustração dos donos da casa.

Ficha técnica: 

EUA 0 x 1 Uruguai

Dia, horário e local: segunda-feira (1º), às 22h (de Brasília), no Arrowhead Stadium, em Kansas (EUA)
Estados Unidos: Turner; Scally (Wright), Richards, Ream (Tillman) e Robinson; Adams, McKennie e Musah (Sargent); Pulisic, Reyna e Balogun (Pepi). Técnico: Gregg Berhalter.
Uruguai: Rochet; Nández, Ronald Araujo, Mathías Olivera e Matías Viña (José Giménez); Ugarte (Cáceres), Valverde, Pellistri, Maxi Araújo (Cristian Olivera) e De La Cruz (Betancur); Darwin Nuñez (Luis Suárez). Técnico: Marcelo Bielsa.
Arbitragem: Kevin Ortega (PER)
Assistentes: Michaeal Orue e Stephen Atoche (PER)
VAR: Carlos Orbe (EQU)
Gol: Mathías Olivera (URU)
Cartões amarelos: Richards e Adams (EUA); Darwin Nuñez (URU)

Leia também


Panamá vence Bolívia, faz história e avança no Grupo C da Copa América


Venezuela goleia Jamaica e marca história na Copa América

Leave a comment

0.0/5