Skip to content Skip to footer

Sena apresenta melhora na água, mas alta vazão preocupa e força Paris-2024 a se adaptar

Há 22  dias do início dos Jogos Olímpicos de Paris, o rio Sena registrou pela primeira vez indicadores aptos para banho por vários dias seguidos no final de junho, mas sua alta vazão fará com que os organizadores do evento tenham que se adaptar para a cerimônia de abertura e as provas de triatlo e maratona aquática. Os bons resultados sobre a qualidade da água, motivados sobretudo pelo tempo ensolarado no início do verão francês, foram obtidos apesar de uma vazão “de quatro a seis vezes” superior ao “fluxo habitual de verão”, segundo a Prefeitura de Paris e a administração regional em seu boletim semanal. As instâncias atribuíram a melhoria ao “retorno do tempo ensolarado e do calor”, mas também às “obras realizadas no âmbito do Plano de Melhoria da Qualidade da Água do Sena”, que administram desde 2016. As análises da semana de 24 de junho a 2 de julho mostram concentrações da bactéria fecal Escherichia coli abaixo dos limites estabelecidos nos dias 26, 28, 29 de junho e 2 de julho em todos os quatro pontos coletados.

cta_logo_jp

Siga o canal da Jovem Pan News e receba as principais notícias no seu WhatsApp!

WhatsApp

Apesar disso, “a qualidade da água do Sena melhorou” para estar “de acordo com os limites definidos pela administração europeia durante seis dias” em “quase todos os quatro pontos” onde foram realizadas as análises, celebraram. A data decisiva para os organizadores olímpicos se aproxima: após a cerimônia de abertura no dia 26 de julho no rio, o Sena deve sediar as provas de triatlo (30 e 31 de julho, 5 de agosto), maratona aquática (8 e 9 de agosto) e o paratriatlo (1º e 2 de setembro). Em caso de chuvas fortes antes da competição, que elevem os indicadores, o ‘plano B’ dos organizadores é adiar por alguns dias as provas afetadas, mas sem mudar o local. Atualmente, o Rio sena está cerca de 500 m3 por segundo na semana passada, quase cinco vezes superior ao normal para esta época do ano. Contudo, a prefeitura da região a acredita que “entre 300 e 500 m3/s não é um grande problema

Até o momento, as autoridades se mostram confiantes, visto que a altura atual do rio é de 1,7 m, e as inundações das margens começam a partir dos 3,5 m. Os atuais níveis das águas não impedem a navegação, mas provocaram, por exemplo, o adiamento do ensaio para a cerimônia de abertura, marcado para o dia 24 de junho, pois quanto maior a vazão, maior a velocidade alcançada pelos barcos, o que dificulta o cálculo do tempo da cerimônia.  Nos próximos dias, as previsões meteorológicas não são muito otimistas, com risco de tempestades. Um grande aliado pode estar localizado 20 quilômetros a leste da capital, com quatro lagos artificiais que servem para regular o fluxo do rio, embora durante o inverno estes reservatórios já estivessem bastante cheios diante da possibilidade de um verão muito seco.

*Com informações da AFP
Publicado por Sarah Américo

Leia também


Paris prepara cerimônia de encerramento distópica para os Jogos Olímpicos


Com Isaquias, confederação confirma convocados da canoagem velocidade para Paris-2024

Leave a comment

0.0/5