Skip to content Skip to footer

São Paulo vence Cobresal de virada e carimba classificação para as oitavas da Libertadores

O São Paulo está nas oitavas de final da Libertadores. O tricolor paulista carimbou sua classificação na noite desta quarta-feira (8) ao bater o Cobresal por 3 a 1 na altitude. A equipe de Luis Zubeldía vem em uma sequência positiva desde que o argentino chegou ao comando do time. O São Paulo ocupa a segunda posição do Grupo B, um ponto atrás do Talleres, time a qual enfrenta na última rodada da fase de grupos e vai lutar pela liderança. Apesar de jogar melhor durante toda a partida e dominar o time chileno, o São Paulo começou atrás no placar. Errava passes de bola no começo do primeiro tempo, o que desencadeou em dois contra-ataques do Cobresal. Em um, o jogador não foi decisivo, mas no segundo, saiu o gol. Após um cruzamento da direita e um toque no meio, Diego Coelho recebeu livre e abriu o placar aos 23 minutos. O gol deu um gás para o time chileno, que melhorou na parta e, 10 minutos depois, em uma falta, assuntou o tricolor com uma bola que passou raspando a trave esquerda de Rafael.

cta_logo_jp

Siga o canal da Jovem Pan Esportes e receba as principais notícias no seu WhatsApp!

WhatsApp

Depois do susto, o São Paulo se encontrou novamente e, antes do final da primeira etapa, após um cruzamento de Michel Araújo, Luciano recebeu a bola, tirou a marcação e empatou o jogo. O camisa 10 ainda teve a chance de ampliar na primeira etapa em um contra-ataque, mas o jogador quis dar uma cavadinha no goleiro e errou. Para loucura de Zubeldía que ficou estático no banco, sem acreditar no que estava vendo. O São Paulo voltou para o segundo tempo com o mesmo time, mas logo nos minutos iniciais Zubeldía mexeu. Colocou Erick, Galoppo e Nestor. E foi dos pés do autor do gol do título da Copa do Brasil em 2023, que saiu o segundo gol do São Paulo. A marcação parecia uma releitura do gol que Nestor marcou no jogo contra o Flamengo na decisão da Copa do Brasil. Esse foi o primeiro gol do jogador no ano. Ele voltou recentemente ao time após se recuperar de lesão.

Com a vantagem no placar, o São Paulo ficou mais confortável na partida. Em um passe longo, Erick recebeu e encontrou Calleri, que na primeira tentativa jogou a bola no travessão, mas no rebote, de peixinho, mandou a bola para o fundo do gol e fez o terceiro do tricolor. Esse foi o 12º gol do argentino na Libertadores com a camiseta do São Paulo. Na classificação geral dos maiores goleadores, ele fica atrás de Rogério Ceni e Luis Fabiano. No final do jogo, o argentino sentiu um desconforto na perna direita e foi substituído, saindo bastante abalado do campo e preocupando os torcedores são-paulinos que já sofrem com o departamento médico cheio. Com a vitória desta noite, o tricolor chega a sua quinta vitória consecutiva fora de casa, algo que não acontecia desde 2012.

Leia também


Jô minimiza prisão antes de jogo: ‘Foi um ajuste de pensão’


Flamengo desembarca sob protesto e xingamentos no RJ após derrota na Libertadores

 

 

 

Leave a comment

0.0/5