Skip to content Skip to footer

Reformista e ultraconservador vão disputar segundo turno das eleições no Irã

Os resultados preliminares das eleições no Irã indicam a realização de um segundo turno entre o reformista Masoud Pezeshkian e o ultraconservador Saeed Jalili. Pezeshkian obteve 42,4% dos votos, enquanto Jalili recebeu 38,3%. O presidente do Parlamento, Mohammad Bagher Qalibaf, obteve 13%, e o clérigo xiita Mostafa Pourmohammadi obteve pouco menos de 1%. Com Jalili agora sozinho, a campanha de Pezeshkian precisa atrair os eleitores para o segundo turno em 5 de julho. A participação geral foi de 39,9%, com mais de 1 milhão de votos anulados. Houve apelos para boicote, incluindo da ganhadora do Prêmio Nobel da Paz, Narges Mohammadi. A lei iraniana exige que o vencedor obtenha mais de 50% dos votos. Caso contrário, os dois primeiros candidatos avançam para o segundo turno. Jalili é conhecido como o “Mártir Vivo” e é famoso por suas posições ultraconservadoras. Pezeshkian fez comentários sobre relações com o Ocidente após a votação. O segundo turno ocorre em meio a tensões no Oriente Médio devido à guerra entre Israel e o Hamas. O Irã lançou seu primeiro ataque direto a Israel em abril. Enquanto isso, a República Islâmica continua a enriquecer urânio e mantém um arsenal nuclear.

cta_logo_jp

Siga o canal da Jovem Pan Esportes e receba as principais notícias no seu WhatsApp!

WhatsApp

Publicado por Sarah Américo

*Reportagem produzida com auxílio de IA

Leave a comment

0.0/5