Skip to content Skip to footer

Refém brasileiro é encontrado morto na Faixa de Gaza, diz Exército de Israel

O Exército israelense anunciou nesta sexta-feira (24) que recuperou os corpos de três reféns que estavam na Faixa de Gaza desde o ataque do Hamas contra Israel em 7 de outubro. Um comunicado militar afirma que uma operação conjunta dos serviços de inteligência de Israel em Jabaliya, no norte do território, permitiu recuperar durante a noite os corpos do brasileiro Michel Nisenbaum, do franco-mexicano Orión Hernández Radoux e do israelense Hanan Yablonka. Os três reféns morreram durante o ataque do grupo islamista palestino Hamas no sul de Israel em 7 de outubro, que desencadeou a guerra, e foram levados para Gaza. Após os exames de identificação forense, as famílias foram notificadas, segundo o Exército. O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, sob crescente pressão interna para conseguir a libertação dos reféns que permanecem em cativeiro no território palestino, afirmou nesta sexta-feira em um comunicado que “ao lado do povo israelense, minha mulher Sara e eu inclinamos a cabeça com profunda dor e abraçamos as famílias em luto neste momento difícil”.

Veja a publicação:

Hanan Yablonka, Michel Nisenbaum, and Orion Hernandez were murdered during the October 7 Massacre and were abducted to Gaza by Hamas terrorists.

Their bodies were rescued overnight during a joint IDF and ISA operation in Jabaliya, and brought back to Israel.

We will continue… pic.twitter.com/3oFnZEgf8C

— Israel Defense Forces (@IDF) May 24, 2024

Quem era o brasileiro refém do Hamas?

Michel Nisenbaum, de 59 anos, imigrou com a irmã para Israel no início da década de 1980 e eles viveram muitos anos em kibutz nos arredores de Gaza. Pai de duas filhas e quatro netos, ele perdeu contato com a família no dia 7 de outubro a caminho de buscar sua neta, que dormira naquela noite com o pai, um soldado israelense. Quando sua filha tentou entrar em contato com ele, às 7h20, a ligação foi atendida em árabe e ouviram-se gritos de “Hamas”. Desde então os familiares lutavam para ter informações sobre o seu paradeiro, sem saber se estava vivo ou morto. O Itamaraty tomou conhecimento sobre o desaparecimento de Nisenbaum, dias após o início da guerra no Oriente Médio. Para encontrar o homem, a família chegou a abrir um caso de pessoas desaparecida e disponibilizaram todas as informações necessárias para acelerar e facilitar o processo de busca.  A Embaixada de Israel no Brasil também comentou sobre o sequestro de Nisenbaum. “Um brasileiro do Rio de Janeiro nas mãos do Hamas! Ido, Alma e Ofri são netos do brasileiro Michel Nisenbaum. Michel foi sequestrado pelo grupo terrorista Hamas no dia 07 de outubro. Seus netos querem ele de volta para casa! Nós queremos ele de volta para casa!”, escreveram.

*Com informações da AFP

Leia também


Brasil e mais 16 países fazem apelo ao Hamas para que liberte os reféns


Saiba quem é Michel Nisenbaum, brasileiro sequestrado pelo Hamas

Leave a comment

0.0/5