Skip to content Skip to footer

Meninas com até 14 anos são as mais afetadas pela violência sexual, aponta Atlas

Meninas com até 14 anos são as mais afetadas pela violência sexual, de acordo com o Atlas da Violência 2024, divulgado pelo Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) e Fórum Brasileiro de Segurança Pública. O relatório aponta que a violência sexual contra crianças do sexo feminino na faixa etária de 0 a 9 anos foi de 30,4% em 2022, enquanto na faixa de 10 a 14 anos chegou a 49,6%. A partir dos 15 anos, o índice diminui progressivamente. O debate sobre violência sexual contra meninas ganhou destaque devido ao Projeto de Lei Antiaborto por Estupro, que prevê punição para vítimas de estupro que fizerem aborto após 22 semanas de gravidez. Especialistas apontam que meninas até 14 anos seriam uma das mais afetadas caso o PL seja aprovado. Atualmente, o aborto é permitido em casos de estupro, risco à vida da mulher e anencefalia fetal. Os dados do Atlas da Violência são baseados nos registros do Sinan, sistema do Ministério da Saúde que notifica casos de violência. O levantamento destaca um aumento significativo nos casos de violência sexual em 2021 e 2022, especialmente na faixa etária de 5 a 14 anos, em relação a 2020, no período pós-pandemia. O crescimento das notificações pode indicar uma maior conscientização e denúncia dos casos.

cta_logo_jp

Siga o canal da Jovem Pan News e receba as principais notícias no seu WhatsApp!

WhatsApp

Publicado por Luisa Cardoso

Leia também


Debate sobre aborto no Senado irrita Rodrigo Pacheco


OAB considera PL do Aborto ‘inconstitucional e atroz’

*Reportagem produzida com auxílio de IA

Leave a comment

0.0/5