Skip to content Skip to footer

Incêndio florestal na Califórnia obriga cerca de 28 mil pessoas a deixarem suas casas

Cerca de 28.000 moradores do norte da Califórnia foram obrigados a deixar suas casas devido a um incêndio florestal que se espalhou rapidamente, devastando aproximadamente 1.200 hectares de terra. O governador da Califórnia, Gavin Newsom, declarou estado de emergência para garantir recursos imediatos para apoiar a resposta e a recuperação do incêndio. Mais de 1.400 bombeiros foram mobilizados para combater as chamas, que ainda não estavam contidas na manhã seguinte, de acordo com informações do ‘The Guardian’. Quatro bombeiros ficaram levemente feridos e pelo menos quatro estruturas foram destruídas, enquanto a causa do incêndio ainda está sendo investigada. A Califórnia recebeu um subsídio de assistência para gerenciamento de incêndios da Agência Federal de Gerenciamento de Emergências (Fema) para ajudar nos custos associados ao combate aos incêndios. O estado também ativou o centro de operações para coordenar a resposta aos incêndios florestais e ao calor excessivo em toda a região.

cta_logo_jp

Siga o canal da Jovem Pan News e receba as principais notícias no seu WhatsApp!

WhatsApp

Com altas temperaturas e ventos fortes, a Califórnia já estava em alerta máximo para incêndios florestais, especialmente devido às celebrações do Dia da Independência dos EUA. Equipes de bombeiros estão lutando contra mais de uma dúzia de incêndios que começaram desde segunda-feira, enquanto partes do estado enfrentam níveis “extremos” de risco de calor, de acordo com o Serviço Meteorológico Nacional dos EUA. O cientista climático Dr. Daniel Swain alertou para uma onda de calor severa e prolongada, com temperaturas extremas que podem durar mais de uma semana, sem alívio mesmo durante a noite.

 

*Reportagem produzida com auxílio de IA

Leave a comment

0.0/5