Skip to content Skip to footer

Exército implementa nova política de moderação em suas redes sociais

O Exército do Brasil implementou uma nova política de moderação de comentários em suas redes sociais, com o objetivo de combater mensagens de ódio e violência. O documento, intitulado “Política de Moderação nas Mídias Sociais do Exército Brasileiro”, estabelece critérios para a exclusão de conteúdos considerados inadequados.

A instituição utiliza as redes sociais para divulgar suas atividades e ampliar o acesso à informação, mas ressalta a importância de moderar os comentários para adequar as páginas ao público. Desta forma, mensagens com linguagem inapropriada, incitação ao ódio, violência, racismo, ameaças ou crimes serão excluídas.

cta_logo_jp

Siga o canal da Jovem Pan News e receba as principais notícias no seu WhatsApp!

WhatsApp

A nova política prevê que usuários que desrespeitarem as regras poderão ser bloqueados imediatamente e ter suas mensagens encaminhadas às autoridades competentes. O Exército destaca que os usuários devem estar cientes das normas de uso e convivência estabelecidas, sob pena de bloqueio e encaminhamento das mensagens.

Além disso, o Exército ressalta que não endossa ou garante a veracidade de mensagens dos usuários, e que as opiniões expressas não refletem necessariamente a posição da instituição. A exclusão de mensagens nas redes sociais do Exército ocorrerá em casos de linguagem inapropriada, apologia a práticas ilícitas, incitação ao ódio, violência, racismo, entre outros comportamentos inadequados.

Entre as razões para a exclusão de mensagens estão a divulgação de conteúdos comerciais, político-partidários, links suspeitos, informações pessoais indevidas, violação de direitos de imagem e propriedade intelectual, além de mensagens fraudulentas ou com conteúdo inverídico. O Exército reforça a importância do respeito às normas estabelecidas para manter um ambiente saudável e informativo em suas redes sociais.

Leia também


Incêndio destrói vegetação do Pico do Jaraguá, ponto mais alto de São Paulo


Na próxima semana TSE retoma julgamento que pode cassar mandato do senador Jorge Seif

*Reportagem produzida com auxílio de IA

Leave a comment

0.0/5