Skip to content Skip to footer

Eduardo Leite afirma que será necessário um ‘Plano Marshall’ para reconstruir o Rio Grande do Sul

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), destacou a necessidade de medidas extraordinárias para reconstruir o Estado após as fortes chuvas recentes, enfatizando a importância do apoio de todos os setores, sem distinção política. Leite comparou a situação atual à necessidade de “um Plano Marshall” de reconstrução, em referência ao plano dos Estados Unidos para ajudar a Europa pós-Segunda Guerra Mundial. Em entrevista, o governador ressaltou a urgência de ações excepcionais diante do cenário “histórico”, afirmando que é fundamental evitar que as vítimas das tragédias sejam prejudicadas pela falta de assistência. No ano passado, desastres naturais causaram prejuízos significativos ao Brasil, totalizando R$ 105,4 bilhões, conforme levantamento da Confederação Nacional dos Municípios.

Leite enfatizou a importância de deixar de lado as diferenças políticas durante a crise provocada pelas chuvas intensas no Estado, destacando a necessidade de união e cooperação para enfrentar a situação. Em Porto Alegre, mais de 3.500 pessoas estão sendo acolhidas em abrigos emergenciais devido às inundações, com diversos bloqueios de vias na capital. O Rio Guaíba atingiu um nível de 5,18 metros, causando interrupções no fornecimento de água e energia em alguns bairros, afetando centenas de milhares de imóveis.

cta_logo_jp

Siga o canal da Jovem Pan News e receba as principais notícias no seu WhatsApp!

WhatsApp

O governador, ao lado de autoridades como o ministro da Secretária Nacional de Comunicação, Paulo Pimenta, e o ministro da Integração e Desenvolvimento Regional, Waldez Góes, destacou a importância da visita do presidente Lula ao Estado no domingo, como um gesto de apoio bem recebido. “[A vinda do presidente] Será muito bem-vinda”, disse o tucano. Com 55 mortes confirmadas, sete óbitos em investigação e 74 pessoas desaparecidas, o Rio Grande do Sul enfrenta um cenário desafiador, segundo Leite. O governador alertou para a continuidade de dias difíceis, agradecendo o apoio de servidores, voluntários, ministérios, Forças Armadas e autoridades locais, ressaltando a atuação conjunta em todas as frentes para lidar com a tragédia.

Publicada por Felipe Cerqueira

Leia também


Tragédia causada pelas chuvas no Rio Grande do Sul já afeta meio milhão de pessoas


Lula volta ao Rio Grande do Sul neste domingo acompanhado de Haddad e mais oito ministros

*Reportagem produzida com auxílio de IA

Leave a comment

0.0/5