Skip to content Skip to footer

Comissão na Câmara ouve Pimenta sobre importação de uma tonelada de arroz

O ministro da Reconstrução do Rio Grande do Sul, Paulo Pimenta, será ouvido nesta quarta-feira (3) na Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados. A pauta da audiência é sobre a decisão do governo federal de importar uma tonelada de arroz. A medida, que já gerou leilões, questionamentos judiciais e recuos, é fortemente criticada pelo governo do estado gaúcho. O Rio Grande do Sul, responsável por 70% da produção nacional de arroz, teme que a importação prejudique os produtores locais. O governo federal justifica a importação como uma forma de evitar o desabastecimento e garantir preços baixos para os consumidores. No entanto, o deputado José Medeiros (PL-MT), que solicitou a convocação do ministro Paulo Pimenta, destaca a preocupação com a concorrência desleal e a falta de uma estratégia eficiente por parte do governo.

cta_logo_jp

Siga o canal da Jovem Pan News e receba as principais notícias no seu WhatsApp!

WhatsApp

A audiência pública tende a ser concorrida, especialmente após demissões no Ministério da Agricultura e na Conab relacionadas ao tema. A expectativa é que Paulo Pimenta apresente todas as justificativas do governo federal para a medida. A decisão não agradou aos produtores do Rio Grande do Sul e levanta questionamentos sobre a qualidade do arroz importado. A proposta é trazer ao país um produto que custe no máximo R$ 4 por quilo, enquanto, durante a crise no Rio Grande do Sul, o preço do pacote de 5 kg chegou a ultrapassar R$ 40 em alguns supermercados.

Publicado por Luisa Cardoso

Leia também


O que esperar do Plano Safra 24/25?


Quase 10% dos mercados registraram falta de arroz em maio, aponta pesquisa

Leave a comment

0.0/5