Skip to content Skip to footer

Com álbum ‘seminovo’, City and Colour chega ao Brasil para shows no Rio e em São Paulo

Projeto solo do canadense Dallas Green (Alexisonfire), o City and Colour volta ao Brasil nesta semana pela primeira vez desde 2016. O cantor se apresenta no Vivo Rio, no Rio de Janeiro, nesta sexta-feira (14), e no Tokio Marine Hall, em São Paulo, no domingo (16), com ingressos disponíveis para ambas as datas. Com a participação de músicos convidados, os shows trazem pela primeira vez na América do Sul as músicas do disco mais recente, “The Love Still Held Me Near”, lançado em março de 2023. Já as mais conhecidas do público — como “The Girl”, “Comin’ Home” e “Sleeping Sickness” – também devem estar na apresentação (confira o provável setlist abaixo). A visita de Dallas Green como City and Colour ao Brasil será a terceira desde o lançamento do projeto, que começou em 2005 com o álbum “Sometimes”, e promete reunir o maior público do artista no país até agora. Em 2015, o cantor lotou três noites no Cine Joia, em São Paulo, além de passar pelo Rio de Janeiro. A dose foi repetida um ano depois, com dois shows na casa paulistana, além de uma apresentação na capital fluminense e também em Belo Horizonte.

Com uma veia alternativa, o City and Colour não lembra em nada o trabalho de Green com o Alexisonfire — bastante cultuado internacionalmente nas cenas hardcore e emo. O surgimento do projeto paralelo, inclusive, fez a banda canadense encerrar as atividades em 2012, antes de um retorno três anos mais tarde, que culminou com o lançamento do disco “Otherness”, em 2022, e shows no Lollapalooza, em Interlagos, no Rio e em Curitiba naquele mesmo ano. Para os próximos meses, o grupo fará a abertura para o Blink-182 em sua turnê pela América do Norte.

Dentro do cenário do folk rock, impressionando fãs de música alternativa, Dallas Green é dono de uma voz marcante e um violão aguçado, ganhando notoriedade ao longo dos anos. Nomeado 12 vezes ao Juno Awards, da Academia de Artes e Ciências Fonográficas do Canadá, o City and Colour levou o prêmio em três ocasiões: em 2007, com o álbum alternativo do ano, apresentando o “Sometimes”; em 2009, como compositor do ano, pelos singles “Waiting…”, “Sleeping Sickness” e “The Girl” e, três anos depois, o mesmo reconhecimento pelas faixas “Fragile Bird”, “We Found Each Other” e “Weightless”.

cta_logo_jp

Siga o canal da Jovem Pan News e receba as principais notícias no seu WhatsApp!

WhatsApp

No Rio de Janeiro, o show de sexta-feira será no Vivo Rio, na Avenida Infante Dom Henrique, 85. A casa abre às 22h e os ingressos, que podem ser comprados pelo Sympla, custam entre R$ 140 e R$ 620. Já em São Paulo, no domingo, a apresentação no Tokio Marine Hall, na Rua Bragança Paulista, na Várzea de Baixo, será a partir das 18h. As entradas disponíveis no site da Tickets For Fun variam entre R$ 160 e R$ 560, com desconto com o código CITYANDCOLOURADOIS.

Provável setlist

Baseado nas últimas apresentações do City and Colour nos Estados Unidos, em Pittsburgh, Cleveland e Norfolk, o setlist deve ter 19 músicas — privilegiando o álbum mais recente, mas passeando por toda a sua extensa discografia:

1 – Meant to Be
2 – Northern Blues
3 – Runaway
4 – Thirst
5 – The Love Still Held Me Near
6 – Two Coins
7 – We Found Each Other in the Dark
8 – Weightless
9 – Underground
10 – Astronaut
11 – Nutshell
12 – Little Hell
13 – Hard, Hard Time
14 – Hello, I’m in Delaware
15 – Bow Down To Love
16 – The Girl
17 – Comin’ Home
18 – Lover Come Back
19 – Sleeping Sickness

Leia também


‘The Boys – Temporada 4’, ‘Ferrari’ e documentário de Céline Dion estreiam em junho no Prime Video


Ne-Yo fará apresentação única em São Paulo; saiba valores

Leave a comment

0.0/5