Skip to content Skip to footer

Chuvas no RS: FAB usa aeronave não tripulada para auxiliar no resgate

A Força Aérea Brasileira (FAB) iniciou o uso de um avião não tripulado para encontrar pessoas isoladas pelas enchentes no Rio Grande do Sul, neste domingo (5). A aeronave é o RQ-900, que pertence à Base Aérea de Santa Maria. Segundo a FAB, a recomendação é de que moradores em situação de risco e com necessidade de resgate saiam dos abrigos, sinalizem ou façam marcas no solo ao avistar o avião. Aeronaves remotamente tripuladas “possibilitam analises em tempo real e com alta precisão das áreas expostas, auxiliando no mapeamento e modelagem, além de permitir a mensuração da população em risco na área de estudo”, disse a Força Aérea Brasileira em nota.

cta_logo_jp

Siga o canal da Jovem Pan News e receba as principais notícias no seu WhatsApp!

WhatsApp

Neste sábado (4), o Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea), vinculado à FAB, proibiu o uso de equipamentos como drones, que não pertençam aos órgãos envolvidos nos salvamentos, em áreas de resgate no sul do país devido à ameaça para a segurança dos voos das aeronaves de socorro. A Defesa Civil do Estado tem recebido notificações frequentes sobre drones civis levantados para captar imagens das áreas alagadas. A Força Aérea Brasileira possui uma frota de aviões não tripuladas para tarefas de inteligência, vigilância e reconhecimento. A comunicação entre o operador e a aeronave é feita por satélite, o que permite uma maior cobertura.

Leia também


Ricardo Nunes oferece botes para auxiliar resgates em regiões alagadas no RS


FAB auxilia no resgate de pessoas ilhadas pelas enchentes no Rio Grande do Sul

Leave a comment

0.0/5