Skip to content Skip to footer

Brasil estreia na Copa América com empate sem gols com a Costa Rica

A seleção brasileira estreou nesta segunda-feira (24) na Copa América contra a Costa Rica e ficou no empate sem gol. O Brasil chegou a marcar um gol, mas foi anulado por impedimento. Apesar da pressão brasileira, que dominou o jogo do começo ao fim, os costa-riquenhos conseguiram segurar o Brasil e garantir o empate. Com o resultado, as duas equipes somam um ponto e ficam na segunda posição do Grupo D, liderado pela Colômbia, que derrotou o Paraguai no jogo de mais cedo e somou três pontos. A seleção volta a jogar na próxima sexta-feira (28) contra os paraguaios, já a Costa Rica, enfrenta os líderes do gol. O primeiro tempo só deu Brasil. A equipe de Dorival dominou o campo de ataque, enquanto a Costa Rica só conseguiu passar na metade do meio-campo aos 20 minutos. Chances de abrir o placar não faltaram para a seleção, mas as finalizações não eram certeiras e quando os jogadores acertavam, paravam no goleiro costa-riquenho.

cta_logo_jp

Siga o canal da Jovem Pan Esportes e receba as principais notícias no seu WhatsApp!

WhatsApp

A primeira oportunidade foi com Raphinha, que parou nos joelhos de Patrick Sequeira. Aos 11 minutos, Rodrygo  assuntou.  Recebeu a bola no meio de dois marcadores e chutou para gol, mas passou raspando a trave e foi para fora. Apesar do domínio, o Brasil falhava na finalização ou no último passe.  Raphinha teve outra grande oportunidade m um contra-ataque, mas parou no goleiro da Costa Rica. Depois e muito tentar, o Brasil chegou ao gol com Marquinhos. Vinícius Júnior sofreu falta, Raphinha cobrou, Rodrygo desviou e Marquinhos marcou. Mas, a celebração durou pouco tempo, porque o VAR entrou em ação e anulou a marcação por impedimento. A Costa Rica não chegou nenhuma vez ao gol de Alisson durante todo o primeiro tempo.

Seleção voltou para etapa final da mesma fora que acabou o primeiro tempo, pressionando e levando perigo para área de Sequeira, mas não conseguia achar o gol. O lance de maior perigo foi um chute de Paquetá que explodiu na trave. Dorival Júnior mexeu no time. Colocou Endrick e Savinho. O time ficou mais ofensivo e, pela direita, com Savinho, o Brasil passou a incomodar mais, mas, mesmo assim, ainda não conseguia marcar gol. Guilherme Arana teve uma boa chance de fora da área, mas foi superado pelo goleiro Sequeira. Apesar das mudanças de Dorival terem dado mais intensidade para o time, também abriu espaço para a Costa Rica, que começou a chegar mais vezes na área de Alisson. Contudo, isso também foi bom para a seleção, que tinha mais espaço para sair jogando na tentativa de marcar gol. Os minutos finais foram de intensa pressão da seleção brasileira que tentou de todas as formas perfurar a marcação da Costa Rica e fazer o gol, mas a bola não entrava.

Leia também


Com grande atuação de James Rodríguez, Colômbia garante vitória sobre o Paraguai na Copa América


Itália arranca empate no último lance, garante 2º lugar do Grupo B e vai às oitavas da Eurocopa

 

Leave a comment

0.0/5